Já visitou um museu de arte?
Na verdade, o mundo das criptomoedas é praticamente como um museu de arte.
Você deve conhecer a Mona Lisa, a pintura mais famosa, imitada e recriada do mundo.

Bitcoin, a maior criptomoeda do mundo por capitalização de mercado, é a "Mona Lisa" do nosso museu de arte de criptomoedas.

É um desafio para os bancos centrais do sistema financeiro tradicional, pois qualquer pessoa pode negociar ou emitir Bitcoins.
O blockchain Bitcoin é basicamente uma caução pública comprovada por todos os participantes da rede. Quando você está negociando Bitcoin, somente os números nessa caução serão alterados. Portanto o Bitcoin não é uma unidade física como uma nota de dólar, mas sim uma mercadoria virtual que compartilha algumas características da moeda.
Em 2022, o Bitcoin estará no mercado há 15 anos. Embora com um início humilde, sua predominância tem sido adotada por algumas nações, e isso traduz sua completude e confiabilidade.
Neste momento, o preço do Bitcoin é de
51,500
Claro, há outras pinturas famosas além da Mona Lisa. A Última Ceia, Noite Estrelada, Moça com Brinco de Pérola - você já ouviu falar delas, não?
No museu de arte de criptomoedas, temos uma história semelhante.Há muitas outras criptomoedas além do bitcoin. Cada uma delas utiliza mecanismos diferentes para resolver os problemas atuais, assim como a arte expressa diferentes ideias com técnicas variadas.
Elas são chamadas de "Altcoins" — não é muito chamativo, certo?Mas não me entenda mal. Isso não significa que elas não têm valorQualquer token emitido com criptografia constitui uma "criptomoeda".Criptomoeda é um dinheiro digital com o qual você pode realizar transações, mas sem terceiros intermediários. Pode ser transferido facilmente para amigos em qualquer lugar do mundo sem procedimentos entediantes e análises infinitas.

Passemos para o blockchain.

Lembra de como comparamos a criptomoeda com a arte em um museu de arte?

Blockchain é o "pigmento" das pinturas.

Assim como a Mona Lisa (Bitcoin) é pintada com esse incrível "pigmento", você pode naturalmente criar outras obras de arte impressionantes com ele.
A noção de "Blockchain" foi extraída do Bitcoin. Mas "blockchain" é mais do que "Bitcoin".
O Blockchain originou-se do Bitcoin e é sua principal tecnologia. Sua tecnologia também pode ser utilizada de muitas outras maneiras.
Explicaremos mais o blockchain para você.
A arte ocidental passou por vários períodos importantes, a Idade Média, o Renascimento, o Pós-Modernismo e assim por diante.
Da mesma forma, criptomoedas e blockchain estão evoluindo por vários períodos.
A corrida pela mineração
Durante esse período, as moedas digitais eram mais conhecidas como especulações. Mineração, mineiros, máquinas de mineração e grupos de mineração foram os chavões do dia.
No que diz respeito ao Bitcoin, as pessoas se recordariam de um esquema Ponzi. e houve ceticismo sobre as revelações e mudanças que o blockchain trouxe.
Febre de DeFi
Naquela época, as finanças descentralizadas se tornaram o foco do mundo das criptomoedas. A  mineração de liquidez e a mineração de rendimento envolveram totalmente a comunidade de criptomoedas e os usuários do DeFi, trazendo o "Verão do DeFi".
Entretanto, os cenários da tecnologia de blockchain passaram de criptomoedas para mais aplicativos.
Bem-vindo ao Metaverso
O metaverso e os  NFTs chegaram depois das finanças descentralizadas (DeFi). Por um tempo, os humanos estavam prestes a entrar no espetacular metaverso a qualquer momento.
As principais casas de leilões, como Sotheby's e Christie's, entraram ao mercado de leilões de NFT, e as propriedades e terras do Metaverso foram colocadas à venda. Durante esse período, o blockchain ganhou destaque e tornou-se amplamente conhecido para além da comunidade cripto.
Agora você deve estar se perguntando,como trocar seus ativos nesse museu de arte?
Embora as criptomoedas sejam diferentes dos ativos tradicionais, há um princípio inalterado Faça sua própria pesquisa antes de fazer qualquer investimento.
Algumas pessoas gostam de colecionar obras de arte. Outras podem gostar de negociar obras de arte.
Os amantes das criptomoedas também têm suas próprias preferências.
Alguns amantes de criptomoedas são firmes "HODLer" que detêm um ativo por muito tempo, independentemente do aumento e da queda no preço.
Alguns amantes de criptomoedas estão dispostos a pesquisar e comprar novos produtos de investimento em criptomoedas.
Outros são aficionados entusiastas das negociações e costumam apostar com frequência em tendências de preços de curto prazo.
Independentemente do seu estilo de negociação, você pode adquirir conhecimento útil sobre criptomoedas aqui→

Parabéns! Agora você é um amante experiente de criptomoedas.

Agora que você entendeu melhor o museu das criptomoedas, quer mais informações?
Vamos acessar o Gate Learn agora mesmo!
Para entender a beleza dessas pinturas clássicas, recomenda-se apreciá-las de ângulos diferentes.

Da mesma forma, a capacidade de fazer sua própria análise e seu próprio julgamento é indispensável no mercado de criptomoedas.

E as ferramentas e os métodos analíticos utilizados para os ativos tradicionais também podem ser aplicados no mercado de criptomoedas.

Parabéns! Agora você é um amante experiente de criptomoedas.

Agora que você entendeu melhor o museu das criptomoedas, quer mais informações?
Vamos acessar o Gate Learn agora mesmo!